REPOSITÓRIO DIGITAL DO CADEL;

A PARTIR DE 1/12, ACESSE E CONFIRA PUBLICAÇÕES INÉDITAS DOS ACADÊMICOS DA UNIVERSIDADE

O SITE DO CADEL ESTÁ DE CARA NOVA

Confira todas as novidades do novo site do Centro Acadêmico de Direito Edson Luís.

I ENCONTRO DE MULHERES DA UFPA

É um avanço na luta feminista dentro da UFPA.

25 julho 2016

25 - Dia da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha



       O dia 25 de julho de 1992, quando ocorria o I Encontro de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-caribenhas, em Santo Domingos, República Dominicana, foi estipulado o Dia da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha, para consagrar a resistência da mulher negra, valorizando o debate sobre a identidade da mulher negra. O cerne da comemoração é contemplar e alentar os grupos e organizações de mulheres negras do mundo, produzir medidas para divulgar as temáticas sobre racismo, sexismo, discriminação, preconceito e outras desigualdades sociais, com enfoque nas demandas raciais.
        Assim, a sociedade civil e o governo atua em prol de assentar e dar voz para esta data, mediante a situação de opressão no que concerne ao gênero e á raça que as mulheres vivenciam cotidianamente, apesar de equivaler a 53% dos brasileiros. Ademais, os negros são negligenciados no Legislativo, Executivo, Judiciário e em demais esferas, apresentando abismos na representatividade de mulheres negras na política e em cargos de decisão e de poder. 
       Segundo a presidenta da Fundação Cultural Cultural Palmares (FCP-MinC), Cida Abreu, o racismo ainda vigora no Brasil e as demandas do movimento social negro entraram em vigor nos planos políticos a partir do  Estatuto da Igualdade Racial (Lei 12.288/2010), que serve como referência para as cotas nos concursos públicos e nas universidades, como um dos caminhos, a se percorrer para reduzir e reparar essas desigualdades.
        A Lei nº 12.987/2014, foi ratificada pela presidenta Dilma Rousseff, como o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra. Tereza de Benguela viveu durante o século XVIII e se tornou rainha do quilombo após a morte do companheiro, e com seus esforços  a comunidade negra e indígena resistiu à escravidão por duas décadas, quando o quilombo foi destruído em 1770. Além de Tereza, inúmeras mulheres foram e são primordiais para história brasileira, como Antonieta de Barros, Aqualtune, Theodosina Rosário Ribeiro, Benedita da Silva, Jurema Batista, Leci Brandão, Chiquinha Gonzaga, Ruth de Souza, Elisa Lucinda, Conceição Evaristo, Maria Filipa, Maria Conceição Nazaré (Mãe Menininha de Gantois), Luiza Mahin, Lélia Gonzalez, Dandara, Carolina Maria de Jesus, Elza Soares, Mãe Stella de Oxóssi, entre tantas outras. 

22 julho 2016

Retificação do Edital da Copa "Edson Luís"

Segue em anexo os arquivos de retificação do Edital da Copa "Edson Luís", que será realizada nos dias 13, 14, 20 e 21 de agosto no Instituto de Educação Estadual do Pará (IEEP). 

Forme seu time e participe! 

Link para maiores informações: Inscrições para a Copa "Edson Luís"

Links para o edital Retificado:

19 julho 2016

Inscrições para a Copa Édson Luis de Futsal 2016

O Centro Acadêmico de Direito Edson Luís (CADEL) e a Associação Atlética Acadêmica de Direito da UFPA (AAADUFPA) tornam público o edital para a realização da VI edição da COPA EDSON LUÍS DE FUTSAL 2016, por meio da Diretoria de Esporte Cultura e Lazer do CADEL e Diretoria de Esporte da AAADUFPA, que convidam os discentes a participarem da competição.

Somente poderão participar da competição as equipes que manifestarem interesse pela atividade ofertada e cujos integrantes estejam devidamente matriculados no curso de Direito da Universidade Federal do Pará. A copa tem por fim a integração entre todos os discentes, independentemente do semestre em que estejam cursando, mediante práticas esportivas extracampus.

Os jogos acontecerão nos dias 13, 14, 20 e 21 de agosto no Instituto de Educação Estadual do Pará (IEEP). As inscrições deverão ser feita mediante preenchimento da ficha de inscrição, pagamento da taxa de inscrição e cópia da carteirinha estudantil do CADEL ou de documento oficial com foto e comprovante de matrícula de cada jogador inscrito.


PARTICIPE!

Ficha de Inscrição: Ficha de Inscrição


18 julho 2016

CADEL realiza doação ao grupo PARAVIDDA

Na tarde desta segunda (18/07) o CADEL realizou a doação dos 44 kg alimentos não perecíveis arrecadados em função do simulado do Exame de Ordem realizado em parceria com a Damásio Educacional para a ONG PARAVIDDA.
 O grupo PARAVIDDA (Grupo para a valorização, Integração e Dignificação do Doente de AIDS) foi fundado em 1992 e desde então dá apoio e assistência com pessoas que vivem com o vírus de HIV e doentes de AIDS em condição social vulnerável. Entre suas ações destacam-se o fornecimento de, em média, 100 refeições diárias aos seus assistidos, distribuição de cestas básicas, 16 leitos aos pacientes que vêm do interior, oficinas profissionalizantes, creche para os filhos de portadores do vírus e programas de prevenção entre outros.
A ONG informa que hoje o preconceito é mais nocivo que a própria doença, tendo em vista que essa é controlada. Porém, o preconceito isola o portador, destrói famílias, causa resistência aos tratamentos e diminui a eficiência do trabalho exercido pela ONG.
O PARAVIDDA se sustenta apenas a partir de doações, portanto a colaboração da sociedade civil é essencial para a manutenção desse importante trabalho. Nesse sentido, o CADEL reafirma seu compromisso com a sociedade paraense para além dos muros da Universidade e incentiva a doação para o grupo PARAVIDDA, bem como para outras organizações afins.  

Informações:
Localização: Avenida Roberto Camelier, 809 – Jurunas
Fone: (91) 3271-0096
Site : www.grupoparavidda.com.br

  
“O amor e a solidariedade não curam, mas diminuem o preconceito”



       

15 julho 2016

Notas sobre a Congregação ocorrida no dia 14/07/2016

Ocorreu na tarde desta quinta-feira, 14/07/2016, a reunião da Congregação, na qual, dentre outros pontos, foram debatidas as seguintes demandas, a maioria advinda do Conselho dos Representantes de Turma: aparelhos de ar condicionado. reforma dos banheiros, reforma do Bloco L, Laboratório de Informática Jurídica (LIJUR), câmeras de segurança nos blocos, situação do Protocolo, auditório Haílton Corrêa e relatório sobre as solicitações de compra de películas e lixeiras para as salas. 

Sobre os aparelhos de ar condicionado, o ICJ está se organizando e vai comprar novos aparelhos para todas as salas, com o orçamento próprio Instituto. A discussão gira em torno da aplicação prática disso.

Sobre os banheiros, os diretores do Instituto se reuniam com o reitor em exercício, Horácio Schneider (com ajuda dos diretores do ICSA), e já conseguiram aprovar a construção de um novo banheiro no Bloco, estão pensando num projeto para concretizar isso. 

Está em fase de licitação a reforma de todo o Bloco L, principalmente o NPJ, Sala dos Professores, Arcúccio e Protocolo. Isso deve ficar pronto no final do ano de 2016. Também pretendem operacionalizar o LIJUR para começar a funcionar em agosto e já tem um servidor designado para esse serviço.

Instalaram hoje câmeras de segurança em todos os dois blocos (JP e LP), sendo câmeras direto do ICJ, que transmitirão ao vivo pra Segurança e na internet também.

O Prof. Benatti pretende acabar com o Protocolo físico, realocando as demandas estudantis para protocolação direto no SIGAA. Ele quer testar isso durante recesso e solicitou apoio do Cadel para encaminhar a proposta. Também foi decidido que o auditório Haílton Corrêa (Alto) será exclusivo da parte interna do ICJ (graduação, pós-graduação, CADEL, administração da FAD, do ICJ, etc). Doravante não poderá ser reservado por externos.

Por fim, o diretor executivo Felipe Costa ficou responsável por entregar um relatório orçamentário ao ICJ sobre as películas e outro sobre as lixeiras.

Assim que tivermos um novo panorama sobre as situações aqui expostas, estaremos informando à comunidade acadêmica, para que fiquem à parte do andamento das propostas. 

Empreendedorismo: Lançamento dos Grandes Desafios 2016 - 100 Open Startups

Abra sua Startup para novas possibilidades. 100 Open Startups
Conheça os desafios globais propostos em conjunto por empresas líderes interessadas em colaborar com startups nestes temas
Desafio Aberto, Saúde & Bem Estar, Cidades Inovadoras, Sociedade da Informação, Educação do Futuro, Indústria do Futuro, Energia, Energia Elétrica, Farmacos e Cosméticos, Agronegócios, Inovação em serviços públicos, Pequenas Empresas, Gestão Pública, Wearables, Varejo, Serviços Financeiros, Construção, Alimentos, Esportes, Turismo e Eventos, Moda e Beleza, Plataformas Científicsa e Tecnológicas
Inscreva a sua startup e ganhe o apoio do mercado para empreender
SUBMETA SUA PROPOSTA!
Empresas Líderes Conectadas - 3M, Dow, Accenture, Faber Castell, Algar, Abbott, EDP, Evonik, Whirlpool, Furukawa, HP, IBM, Softplan, Panasonic, Statoil, Catho, Senai, Ci&T, Geofusion, FGV, Cemig
Johnson & Johnson, Atlas Schindler, Grupo Boticário, Grupo Oncoclínicas, Votorantim Cimentos, TIM, Novozymes, AES, Anima, BRF, Fibria, CIESP, Matera, Grupo Fleury, ICI, Sascar, Ilegra, Gerdau, Metodista, Natura, Votorantim
www.openstartups.org.br
facebook.com/100openstartups

Adiamento do Mutirão de limpeza da sala do Cadel

No início dessa semana, divulgamos que neste sábado (16/07) seria organizado o Mutirão de Limpeza da Sala do Cadel, porém, com o advento do recesso, parte significativa da comunidade acadêmica estaria impossibilitada de colaborar conosco. Então, a pedidos de discentes e também de diretores, optamos por adiar a limpeza, nos comprometendo em realizá-la ainda no período letivo vigente. Com efeito, em nome do Centro Acadêmico de Direito Édson Luís, pedimos desculpas pelo adiamento do serviço, mas antecipamos que o mesmo será realizado o quanto antes, visando primordialmente o conforto de nossos estudantes e sua participação ativa nas atividades desenvolvidas pelo Centro.