I Seminário Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão

Evento ocorrerá nos dias 12 e 13 de junho.

CADEL TRAZ ENED 2018 PARA BELÉM

A REGIÃO NORTE RETOMA O SEU PROTAGONISMO NO MOVIMENTO ESTUDANTIL E O CADEL COLOCA-SE NOVAMENTE COMO UM CENTRO ACADÊMICO RELEVANTE NACIONALMENTE.

20 outubro 2018

II Congresso de Processo Civil da LAJUPA


O Núcleo de Estudos Avançados em Direito Processual Civil tem o orgulho de apresentar a 2ª edição do Congresso de Processo Civil da LAJUPA, sob a coordenação científica da Profa. Dra. Gisele Góes. O evento contará com três palestrantes nacionais e com os maiores nomes regionais da área. Não perca a oportunidade e se inscreva no site do evento! (Link na bio da página @iicongressocpclajupa)

18 outubro 2018

NOTA DO CADEL: JORNADA CIENTÍFICA DE ESTUDOS JURÍDICOS

    O Centro Acadêmico de Direito Edson Luís vem por meio desta informar sobre reformulação da I Jornada Científica de Estudos Jurídicos. Após deliberação em Congregação e, posteriormente, conversas individuais com professores que a compõe, foi impossibilitada a liberação de aulas pelo Instituto de Ciências Jurídicas, o que, por sua vez, impede que possamos realizar o evento. A manutenção das aulas indisponibiliza a estrutura física do evento (já que as salas de aula não estariam livres para as apresentações de trabalho do evento), além da indisponibilidade dos professores - uma vez que alguns já convidados afirmaram que só teriam disponibilidade em caso de liberação de aulas-, e, claro, a indisponibilidade dos próprios alunos, grande alvo do evento, já que ainda teriam o dever de comparecer as aulas regulares. 
    Em contraproposta, o ICJ sugeriu que o evento fosse realizado em um Sábado e Domingo na UFPA, o que o CADEL julga ser inviável, haja visto questões já tratadas anteriormente, como salas indisponíveis, assim como os professores, além de considerarmos a segurança dos discentes em estarem na UFPA sábado no período do vespertino.
   Paralelamente à isso, o ICJ se propôs a criar um evento semelhante a jornada, nos mesmos moldes, porém com um maior grau de formalidade, a fim de permitir que este se torne um evento oficial e que de fato possa contar pontos para os estudantes em processos seletivos mais rígidos (como os de Mestrado), isto porque a Semana Acadêmica não preenche os requisitos necessários para tanto. Portanto, até a primeira metade do ano q vem, o ICJ, FAD e CADEL realizarão em conjunto este evento.
    Visando ao melhor aproveitamento acadêmico dos discentes neste futuro evento,  o CADEL decidiu pela criação de um Curso de Extensão de Pesquisa Científica, voltado à realidade do acadêmico de direito, com aulas práticas de pesquisa jurisprudencial, empírica, bibliográfica, entre outros, que ocorrerá ainda neste semestre.
    Então, devido a convergência de fatores distintos, este ano está inviabilizada a realização da Jornada Acadêmica. No entanto, esse fato não prejudicará os estudantes. A ideia é justamente a oposta, tendo em vista a criação de um evento que atenda aos critérios metodológicos de processos seletivos diversos.
   Ademais, o CADEL, em especial a diretoria de EPX - Diretoria de Ensino, Pesquisa e Extensão-, está à disposição para sanar qualquer dúvida ou questionamento.

17 outubro 2018

RODA DE DIÁLOGO ELEIÇÕES E DEMOCRACIA


Motivado por esse momento único que o nosso país está vivendo, o Centro Acadêmico de Direito Edson Luís organizou uma Roda de Diálogo com o tema "Eleições e Democracia". O evento acontecerá nesta quinta (18), às 18h no Bloco J. A roda contará com a presença dos Profs. Drs. Antônio Maués e Ricardo Dib Taxi.

15 outubro 2018

LANÇAMENTO DA CARTILHA "DIREITOS HUMANOS DIFERENCIADOS"


Lançamento de cartilha “Direitos Humanos Diferenciados” é realizado no III Congresso de Direito, Gênero e Sexualidade

O grupo de extensão “Igualdade, Diferenças e Discriminação: Direitos Humanos de Mulheres, Transmulheres e Travestis” coordenado pela Prof.ª Dra. Andreza Smith, lançou no III Congresso de Direito, Gênero e Sexualidade, evento realizado pelo CADEL, a cartilha “Direitos Humanos Diferenciados: Mulheres, Transmulheres e Travestis no Direito Internacional”. O evento aconteceu no Instituto de Ciências Jurídicas, com ampla participação da comunidade acadêmica.

O material é fruto do projeto de pesquisa intitulado “Direitos Humanos de grupos diferenciados, especialmente mulheres, transmulheres e travestis: normativas e jurisprudências internacionais”, por meio do qual produziu-se um banco de dados contendo normas e jurisprudência da ONU e OEA que versem acerca da proteção de direitos das diferentes experiências femininas. A cartilha foi disponibilizada no site do Instituto de Ciências Jurídicas.

15 de outubro: dia dos professores


"Ninguém nega o valor da educação e que um bom professor é imprescindível. Mas, ainda que desejem bons professores para seus filhos, poucos pais desejam que seus filhos sejam professores. Isso nos mostra o reconhecimento que o trabalho de educar é duro, difícil e necessário, mas que permitimos que esses profissionais continuem sendo desvalorizados. Apesar de mal remunerados, com baixo prestígio social e responsabilizados pelo fracasso da educação, grande parte resiste e continua apaixonada pelo seu trabalho.
A data é um convite para que todos, pais, alunos, sociedade, repensemos nossos papéis e nossas atitudes, pois com elas demonstramos o compromisso com a educação que queremos. Aos professores, fica o convite para que não descuidem de sua missão de educar, nem desanimem diante dos desafios, nem deixem de educar as pessoas para serem “águias” e não apenas “galinhas”. Pois, se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda." (Paulo Freire) 

O CADEL agradece a quem dedica suas vidas para trabalhar com a educação, em especial aos nossos queridos professores e professoras da Faculdade de Direito. O magistério é um desafio e agradecemos por lutarem diariamente por uma sociedade melhor, principalmente diante das (in)certezas do futuro da educação no Brasil.

Foto: Reuters/Bruno Kelly. Crianças da Escola Municipal São José II. A escola flutuante fica às margens do Rio Amazonas.

14 outubro 2018

Feliz Círio!

Fé, luz e devoção.


Foto: Adriano Chedieck / Agência EKO.

13 outubro 2018

NOTA DO CADEL EM DEFESA DO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO



O Centro Acadêmico de Direito Edson Luís tem um histórico de apoio às lutas sociais e defesa da democracia. Cinquenta anos atrás, Edson Luís de Lima Souto, estudante secundarista, foi assassinado pela ditadura militar durante uma manifestação estudantil. O CADEL carrega, com o nome, o compromisso histórico de lutar por um Estado Democrático de Direito, distante de extremismos autoritários que nos façam repetir as atrocidades que ocorreram no passado - torturas, perseguições políticas e assassinatos. 
A diversidade, a pluralidade e a liberdade são basilares neste CA, de modo que quaisquer ataques a esses ideiais são inaceitáveis em uma democracia. Representamos os estudantes de Direito de uma Universidade pública e diversa: mulheres, homens, brancos, negros, LGBTs, pessoas com deficiência, indígenas e quilombolas! Somos múltiplos, como devemos ser em um Estado que busca a ampliação e a popularização do ensino superior. Portanto, qualquer projeto que atente a essa diversidade vai contra o que acreditamos. 
Vivemos em um momento de polarização e profunda crise institucional, de modo que devemos nos erguer em defesa do Estado Democrático de Direito, que foi conquistado tão arduamente com a nossa Constituinte de 1988. Nosso compromisso é com a justiça e com a defesa dos direitos humanos, e qualquer menção de afronta a esses direitos tão arduamente conquistados ao longo da história é um ataque à democracia. Por isso, nos posicionamos contra qualquer projeto de país que venha carregado de discursos discriminatórios, violentos, extremos e saudosos do regime ditatorial. Nesse momento, precisamos de seriedade e responsabilidade na hora de votar, visando o respeito à nossa Constituição Federal e à manutenção da nossa democracia.