22 janeiro 2014

[HABILITAÇÃO] FACULDADE DE DIREITO FORMALIZA O VÍNCULO INSTITUCIONAL DOS APROVADOS NO PS 2014

Cadel marca presença na habilitação institucional dos calouros e apresenta a universidade aos novos acadêmicos de direito
Após a divulgação do resultado do Processo Seletivo 2014 da Universidade Federal do Pará, finalmente chegou a hora dos novos acadêmicos começarem sua vida na Universidade. Nessa terça-feira, 21, os calouros aprovados no curso de Direito entregaram seus documentos na sede do Instituto de Ciências Jurídicas (ICJ), no processo chamado de habilitação ao vínculo institucional. Foi nesse momento que os candidatos apresentaram a documentação escolar e pessoal necessárias para o registro na UFPA.
Calouros na habilitação

Habilitação - A habilitação começou às 14h para os aprovados no turno da noite, às 15h para os aceitos no turno vespertino e às 16h para os confirmados no turno da manhã. Alguns candidatos, porém, chegaram bem antes do horário marcado com o intuito de evitar imprevistos. No local, colaboradores e diretores do Cadel organizavam banners e placas de “boas-vindas”, arrumando carinhosamente cada mínimo detalhe para mais uma recepção aos novos colegas. Os calouros que fazem parte do grupo “Calouros 2014”, no facebook, chegaram animados, indo diretamente falar com os veteranos para cumprimentá-los, esclarecer dúvidas e verificar se estava correta a documentação a ser analisada pelo CIAC durante a formalização do vínculo acadêmico. O concluinte Bruce Leal, 24, ex-diretor executivo do Cadel, destacou a importância do procedimento, ressaltando que esse “é o momento em que os calouros começam a ter contato com a UFPA, passando a criar um vínculo com a universidade e conhecendo um pouco da realidade que os aguarda nos próximos cinco anos”. Para Bruce, a criação do vínculo institucional é crucial “por marcar um novo ciclo, diferente de todas as experiências anteriores a ele”.

Cadel recepcionado os novos acadêmicos de direito no ICJ

Dúvidas - Muitos pais e estudantes estavam com dúvidas acerca do processo vinculatório, principalmente com relação a xerox e documentos exigidos. A diretora de assuntos estudantis do Cadel, Anelise de Nazaré, 19, informou, por exemplo, que um pai lhe perguntou se não haveria problema no fato do filho dele, calouro do turno vespertino, ter feito 18 anos há poucos dias e, por isso, não ter conseguido emitir o cadastro acadêmico online – considerando a falta do certificado de reservista e a ausência do número do título de eleitor. Atenta e segura, a veterana prontamente informou “apenas ser necessário explicar a situação para o Ciac” que, ao final, permitiu que até sexta fossem trazidos os dados preenchidos. Outro responsável, preocupado, perguntou a Anelise em quais condições gerais se encontrava o curso de direito e o que a jovem achava da UFPA enquanto instituição de ensino, pois seu filho, calouro do turno matutino, tinha dúvidas se realmente cursaria direito na universidade paraense ou nas paulistas PUC ou Mackenzie. A experiente aluna foi taxativa: "Disse que a UFPA, apesar dos problemas ainda existentes, melhorou muito nos últimos anos”. E prosseguiu: “Temos muitos projetos de pesquisa e extensão e professores excelentes e renomados, como Antônio Maués, Gisele Góes e Paula Arruda”. “Espero ter ajudado o calouro na decisão!", finalizou a discente.


Animação – Durante toda a tarde, os novos graduandos em direito demonstraram muita alegria, entusiasmo e empolgação. Pais e aprovados novamente tiraram muitas fotos com as placas coloridas e criativas confeccionadas pelo Cadel e que tanto fizeram sucesso no dia da recepção aos aprovados no PS 2014 nos cursinhos e colégios de Belém. Dedicados e prestativos, os membros do Centro Acadêmico distribuíram mapas da UFPA para auxiliar aqueles que se perderam ao procurar o ICJ e dar-lhes, assim, uma maior noção da imensidão da Universidade. Foi realizado, ainda, o cadastramento da meia-entrada cultural, sob coordenação de Karime Correa, outra diretora de assuntos estudantis da entidade dos alunos. O Professor Francisco Freitas, diretor da Faculdade de Direito, também esteve presente na habilitação, conversando com os membros do Cadel e cumprimentando calouros, pais e responsáveis - recebendo-lhes gentilmente e dando-lhes boas-vindas.





Calouros visitando o "POEMA"
Tour – Ao final da habilitação, veteranos do curso apresentaram as principais dependências da Universidade aos recém-chegados. Locais como o “POEMA”, as salas de aula, a sede do Cadel, a sala dos professores, o Núcleo de Prática Jurídica (NPJ), o Restaurante Universitário (RU) e o chamado “Ver-o-pesinho” foram exibidos aos calouros e pormenorizadamente explorados pela equipe. Através de um momento de dinâmica, diversão e descontração, o grupo se apresentou e conheceu um pouco mais sobre a vida dos novos colegas. A experiente acadêmica Camilla Tangerino, 19, uma das mais entusiasmadas do evento, ressaltou que o momento de integração vivido entre novos e antigos alunos “foi muito importante por ser algo totalmente novo na vida da grande maioria dos calouros”. Segundo Camila, eles “precisam saber que tem gente pronta para apoiá-los e ajudá-los no que for preciso, pois os cinco anos de curso são vividos mais intensamente quando há essa integração, que acaba sendo diária”. Se para os veteranos as impressões foram excelentes, para os calouros foram melhores ainda. Aprovado para o turno da tarde, Lucas Neves, 17, se disse “muito empolgado“ com a recepção dos colegas e assegurou que sua primeira impressão da UFPA foi “a inspiração de confiança, credibilidade e excelência no ensino e aprendizado”. Já a caloura Barbie Chaves, 17, aprovada também no turno vespertino, garantiu estar muito feliz com a maneira em que foi acolhida. Ela contou, ainda, que apesar de já ter tido contato com o curso de direito em uma instituição de ensino privada, escolheu a UFPA por considerá-la com “uma estrutura muito maior e melhor”. A docente Márcia Rêgo, titular da disciplina Direito Civil e coordenadora do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ), também felicitou os novos alunos, acentuando, no entanto, que "superado esse êxtase inicial, é importante frisar que o ingresso na faculdade é apenas o primeiro degrau". A professora, sempre bastante elogiada e muito querida no meio acadêmico, pondera que os novos graduandos "devem manter o empenho para extrair tudo que a UFPA tem a oferecer para o seu desenvolvimento profissional".
Novos alunos conhecem a sala do Cadel


Veteranos apresentam o bloco de salas de aula aos calouros

Os acadêmicos recém-chegados se apresentam no Núcleo de Prática Jurídica (NPJ)

Quem não apresentou os documentos pessoais e escolares solicitados, dentro do prazo, deve perder a vaga, que será disponibilizada nas "repescagens". O resultado da habilitação será divulgado por meio do próprio sistema. Mais informações: www.ciac.ufpa.br, ciac@ufpa.br ou (91) 32101-7158.

Texto e fotos: Felipe Mendonça – Diretor de Comunicação e Marketing 

Colaboração: Anelise de Nazaré – Diretora de Assuntos Estudantis

0 pareceres:

Postar um comentário