13 maio 2018

Mães Universitárias

Sua essência é o amor

O maior dom que qualquer ser humano poderia receber é o de ser mãe. A dádiva de carregar no ventre uma vida, de acalentar tão pequenas crianças, ensinar-lhes as primeiras letras e os primeiros passos. Ser mãe é a forma mais divina e encantadora de amor. É ela quem está conosco nos nossos momentos difíceis, quem está torcendo por nós a todo o instante, ela que é mãe e pai Brasil afora, são elas que sofrem e se sacrificam. 
Ser mãe e ser estudante não é fácil... acordar cedinho para ajeitar o filho e depois levar na escola, daí ir enfrentar uma manhã árdua de estágio, recebendo ou mandando, hora ou outra, mensagens querendo saber sobre o filho... é preocupante! E aquele intervalo no almoço? É todo dedicado para saber se ele está bem, se precisa de alguma coisa, se foi comportado... depois vêm as aulas e é uma divisão de atenção, entre o seu acalanto e o professor, às vezes até leva a criança para a faculdade, por não ter com quem deixar! Vida de mãe universitária não é fácil, não! 
De noitinha, mesmo cansada, vai ajudar o filho, brincar e encher de carinho, fazer a janta e colocar o pimpolho na cama, com as habituais cobranças (Fez o dever de casa? Tomou a benção da avó? Escovou os dentes?) e, mesmo depois desse dia extenuante que se repete por vários outros dias, ela não se cansa, porque os seus filhos são parte dela e sua essência é o amor. 

A todas as mães universitárias do Direito, feliz dia das mães! O CADEL tem orgulho da força que vocês têm e vocês são a nossa inspiração!







0 pareceres:

Postar um comentário