09 agosto 2018

Dia dos povos indígenas!


Como uma referência ao dia da primeira reunião do Grupo de Trabalho das Nações Unidas sobre Populações Indígenas, realizada em Genebra, em 1982, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) instituiu em dezembro de 1994 o Dia Internacional dos Povos Indígenas.
Hoje é dia dos Apaches, dos Náuatles, dos Warao, dos Kayapó, dos Caxin auás, dos Inuítes, dos Tupinambás, dos Ciboneis, dos nossos vizinhos Tembé e de tantos outros povos indígenas espalhados pelo mundo que existem e resistem às adversidades impostas aos seus costumes. 
Um dia que se respira a luta para que direitos ameaçados continuem sendo respeitados para mais de 370 milhões de indígenas espalhados por 90 países que, de acordo com um levantamento feito pela ONU, vivem com taxas desproporcionais de miséria, problemas de saúde, analfabetismo e abusos dos direitos humanos. 
Por ser mais que um dia de comemoração, um dia como o dia de hoje não deve passar em branco. A data tem a importância de conscientizar sobre a inclusão dos povos indígenas nos direitos humanos, sendo que muitas vezes eles são marginalizados ou excluídos da sociedade, além de prestar homenagem a todas as contribuições culturais e sabedorias milenares que esses povos transmitiram para as mais diversas civilizações no mundo.


 “Não nos sentimos aculturadas,
Temos a memória acesa,
E vivemos na certeza de que nossa aldeia
Resistirá sempre ao preconceito do invasor,
Somos a voz que ecoa. Resistência? Sim senhor!”

Poema “Amazonidas” de Márcia Wayna Kambeba

0 pareceres:

Postar um comentário