21 março 2019

21 de março: Dia Mundial do Combate à Discriminação Racial

O dia 21 de março foi instituído pela Organização das Nações Unidas como o Dia Mundial do Combate à Discriminação Racial. A data faz referência a um dos episódios mais tristes dentro da história de luta e resistência do povo negro: o massacre de Shapperville. No que seria uma manifestação pacífica coordenada por Robert Subukwe contra a "Lei do Passe" - que obrigava os negros sul-africanos a circular em determinados espaços permitidos ou não segundo a cor da pessoa, uma delimitação, registrada no passaporte de cada sujeito, era exercida em escolas, igrejas, supermercados, banheiros, entre outros locais -, cerca de 7 mil pessoas foram pra Shaperville, na província de Gauteng, e marcharam contra a Lei do Passe.

Durante o protesto, os manifestantes se concentraram em frente a delegacia local, onde a polícia tentou deter um dos líderes da manifestação e foi o que levou ao estopim, onde 69 pessoas foram mortas e 186 ficaram feridas. O governo precisou usar um caminhão para fazer a retirada dos corpos e nenhum policial envolvido foi condenado.
Todos ali lutavam pela garantia de um direito fundamental.

Hoje, a data é lembrada em todo o mundo como um importante marco para nos lembrar a força investida para que alcançássemos direitos básicos. Hoje, a data é feriado na África do Sul, como um momento de recordação, homenagem aos mortos e para celebrar o fim do apartheid. 

Contudo, a luta ainda não terminou, o racismo continua vivo todos os dias estampado nas notícias do nosso país, diante de um governo que assumidamente desqualifica e menospreza as lutas sociais, é impossível se manter inerte diante do que mantém a estrutura racista no Brasil. Muito ainda precisa ser feito para que as barreiras do preconceito sejam quebradas. 

O CADEL reitera que hoje é um dia de necessária reflexão e valorização de uma luta constante contra o racismo, estrutural e institucionalizado, no Brasil.


0 pareceres:

Postar um comentário