04 maio 2019

NOTA À COMUNIDADE ACADÊMICA: Em defesa da Universidade pública, gratuita e de qualidade


Rememorar o passado é necessário. Edson Luís, estudante secundarista e patrono deste Centro Acadêmico, foi morto quando se preparava para participar de uma passeata por assistência estudantil. Não era membro de qualquer organização, era apenas um estudante que buscava melhorias para a sua educação.

51 anos se passaram e muito mudou, mas a luta de Edson Luís ainda é a nossa. Frente a inúmeros retrocessos, o Centro Acadêmico de Direito Edson Luís tem como um dos seus princípios de gestão a defesa da Universidade pública, gratuita e de qualidade. 

No contexto atual, de cortes no orçamento da educação nacional e da presença óbvia de um plano para sucatear a educação, temos a necessidade da organização estudantil em prol da defesa do direito à educação.

Na última semana a educação superior sofreu um corte de 30% em seu orçamento, justificado na "balbúrdia" e no baixo rendimento das universidades, uma demonstração clara de revanchismo ante instituições que se propõem a debater ideias destoantes dos discursos propagados pelo atual governo e que nega os esforços feitos por acadêmicos e docentes que visam o desenvolvimento do tripé acadêmico como ferramenta de mudança social.

Sucatear a educação é um plano que se mostra como prioridade. Não podemos, enquanto estudantes, permitir tal violação com nossas Academias. 
Agora mais do que nunca, cada aluno de universidade pública possui o dever de lutar por sua manutenção, para que, assim, os que o sucederem, principalmente os mais vulneráveis socialmente, possam ter acesso também. Essa deve ser a nossa bandeira.

Nós, do Centro Acadêmico de Direito Edson Luís, nos colocamos em defesa da Universidade pública, gratuita, de qualidade e convocamos todos os discentes a comparecerem à Assembleia Geral dos Estudantes da UFPA, que ocorrerá no dia 09/05, às 16h, no Hall da Reitoria, para exporem suas ideias e participarem do debate que este momento de cortes e incertezas quanto ao futuro das instituições de ensino requer.

Pressionar o governo por uma educação de qualidade nunca foi tão importante quanto agora. O Movimento Estudantil resistirá a toda e qualquer medida de violação aos Direitos Sociais e garantias fundamentais! Edson Luís vive!

0 pareceres:

Postar um comentário