26 setembro 2019

CADEL INFORMA: Repressão policial na Universidade de San Marcos – Peru





O reitor (Orestes Cachay) e o prefeito de Lima (Jorge Muñoz) estão com um projeto para cortar o campus universitário para construir um desvio que "supostamente melhoraria o tráfego" na área. Contudo, esse projeto já havia demonstrado não possuir suporte técnico necessário, bem como deixa claro que a natureza de seus benefícios atingiam quase exclusivamente o carro e não o pedestre.
Segundo alega uma estudante, “Por mais de uma semana, realizamos protestos pacíficos e fomos reprimidos pela polícia, eles jogaram gás lacrimogêneo em nossas faculdades e nos atacaram diretamente com pelotas. Muitos de nós foram feridos pelos confrontos. Sempre mantivemos uma postura firme, em defesa do nosso direito à educação e da autonomia da universidade, violada pela polícia que não respeitava o fato de muitos de nós estarmos na sala de aula.”.
Ademais disso, “Dada a recusa do reitor em dialogar com os alunos, na terça-feira 17, os estudantes assumiram o controle efetivo da universidade, como uma medida de pressão, para que o reitor e as autoridades possam ouvir nossa declaração de queixas, mas só recebemos ameaças de um intervenção policial iminente que nos levará para fora do campus para "restaurar a ordem", o que põe em risco nossas vidas e a infraestrutura da universidade.”.
Fora solicitado pelo movimento estudantil da Universidade de San Marcos que fosse divulgado a repressão que os mesmos estão sofrendo em busca de salvaguardar seus direitos à educação. O Centro Acadêmico de Direito “Edson Luís”, tendo conhecimento do fato, informa à toda comunidade estudantil sobre o que está ocorrendo, bem como reitera seu posicionamento em favor das Universidades Públicas com ensino gratuito e de qualidade, livre de repressões por parte do Governo. Ademais, ressaltamos sobre o período de fortes ameaças que as Universidades Públicas do Brasil vêm sofrendo nos últimos meses e chama a atenção para que o Movimento Estudantil permaneça forte e unido para fazer frente a essas investidas e lutar em defesa da educação e da autonomia das Universidades.

Para mais informações, o Facebook da Universidade “Federación Universitaria de San Marcos - FUSM -Oficial” tem realizado várias postagens sobre o fato.

https://m.facebook.com/FUSM1551/

0 pareceres:

Postar um comentário