01 novembro 2019

CADEL informa: 12ª mostra cinema e direitos humanos

CADEL informa: 12ª mostra cinema e direitos humanos

A Universidade Federal do Pará apresenta a 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos nos dias 6, 12 e 20 de novembro de 2019.

As sessões são gratuitas e terão recursos de acessibilidade e sala adaptada para pessoas com deficiência.
Haverá uma roda de conversas após a exibição dos filmes.

Local: Auditório Hailton Correa Nascimento, no Instituto de Ciências Jurídicas, no campus do Guamá da UFPa.


PROGRAMAÇÃO
6 de novembro às 18h00
A Rua é NÓIZ

Eduardo Cunha Souza e Pedro Cela | Brasil | 2018 | 14 min | Documentário
Classificação indicativa: Livre
A Rua é Noiz é a periferia em cena. É a gente guerreira dos bairros e favelas sob os refletores da luz do sol e da luz da lua, que iluminam a luta diária e rotineira do nosso povo forte. É uma vontade de conhecer a si mesmo, de revelar as identidades dos que moram em cada rua, beco e conjunto habitacional.
Temática: Direito à cultura / Direito à educação / Inclusão Social
Ficha técnica
Roteiro: Eduardo Cunha Souza e Pedro Cela Fotografia: Pedro Cela Edição: Eduardo Cunha Souza e Pedro Cela Elenco: bailarinos e equipe do Instituto Katiana Pena – IKP. Produtora realizadora: 202B Filmes

Heróis

Cavi Borges | Brasil | 2018 | 70 min | Documentário
Classificação indicativa: Livre
A judoca Rafaela Silva foi a primeira atleta da delegação brasileira a ganhar uma medalha de ouro nas Olimpíadas do Rio em 2016, levando toda nação as lágrimas. Popople Misenga, o congolês convidado a participar da delegação composta por refugiados, fez o mesmo. Além disso, como esquecer de Rogério Sampaio e o ouro no mesmo esporte durante as Olimpíadas de Barcelona em 1992. A partir de uma abordagem heróica, a carreira desses desportistas é transformada em filme.
Temática: Direitos Humanos / Direito ao esporte
Ficha técnica Roteiro: Cavi Borges Fotografia: Vinicius Brum Edição: Gabriel Duran Elenco: Rafaela Silva, Popole Misenga e Rogério Sampaio. Produtora realizadora: Cavideo

12 de novembro às 18h00 (co-produção: Afronte)
Mediação: Lorenna Montenegro
À ESPERA

Nivaldo Vasconcelos e Sónia André | Moçambique | 2016 | 22 min | Documentário
Classificação indicativa: Livre
Em Moçambique, 39% de meninas se casam antes dos 15 anos com homens mais velhos, fazendo com que o país se encontre em décimo lugar entre os países mais afetados pelos casamentos prematuros, negando a estas meninas os seus direitos como o da Educação e de serem o que elas quiserem.
Temática: Direitos da criança e do adolescente / Direitos das mulheres
Ficha técnica Roteiro: Nivaldo Vasconcelos Fotografia: Matheus Nobre Edição: Nivaldo Vasconcelos Personagens: Cátia, Hilária, médicos: Maridza e Rondinho, professoras e alunas da Escola Primária Mbambala Produtora realizadora: Thandy Produções Culturais e Estúdio Atroá

20/novembro às 18h00 (co-produção: Grupo Cabano de Criminologia)
Nós

Thiago Simas | Brasil | 2017 | 6 min | Documentário
Classificação indicativa: Livre
O filme mostra a trajetória cíclica dos refugiados através dos tempos, uma reedição de acontecimentos passados.
Temática: Diretos dos refugiados / Imigração


Coordenação: Prof. Dr. Paulo André Nassar @paulonassar / (91)99242-1130
Mais informações em www.pauloandrenassar.com.br

0 pareceres:

Postar um comentário